Quebrantado
“Os sacrifícios que agradam a Deus são um espírito quebrantado; um coração quebrantado e contrito, ó Deus, não desprezarás” (Salmo 51:17).
Atenção: Deus usa coisas quebradas!
É preciso primeiro partir o solo para que este produza alimento.
É preciso desfazer uma nuvem para que tenhamos chuva, é preciso partir o grão para que tenhamos pão, é preciso partir o pão para que tenhamos força.
É preciso chorar para aprender a valorizar o sorriso” (Vance Havener).
Se alguma coisa se quebra, temos a tendência de simplesmente descartá-la.
Deus, no entanto, faz funcionar para sua glória aquilo que se quebrou.
Em Juízes, o grupo de Gideão foi dividido em três partes, suas principais armas: trombeta, tochas e cântaros que deveriam ser quebrados.
O que dizer ainda das tábuas da lei quebradas por Moisés para vividamente demonstrar a mensagem do dissabor de Deus pela rebeldia de seu povo?
(Êxodo 32).
E ainda o que dizer sobre o vaso de perfume quebrado, a fim de que sua fragrância espalhasse por toda a casa? (Marcos 14).
Deus usa coisas quebradas!
Deus permite que os vasos se quebrem a fim de que seu verdadeiro conteúdo seja revelado.
Não porque Deus precise saber o que está dentro, mas nós precisamos saber o que realmente temos dentro de nós. Não esconda seus dons e talentos, tempos difíceis demandam que derramemos nosso conteúdo de vida. Pessoas se desanimam esperando um emprego quando deveriam usar seus dons e talentos!
E, na verdade, não são os momentos tranquilos que revelam nosso verdadeiro conteúdo, mas os momentos difíceis, os momentos em que os vasos se trincam e quebram. Confie em Deus e lembre-se que Ele usa coisas quebradas e pessoas quebrantadas.
Leandro Tarrataca