Pescar para a vida

“E, andando junto do mar da Galiléia, viu Simão, e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens. E, deixando logo as suas redes, o seguiram” (Marcos 1:16-18).

Diante do convite de Jesus: ‘Siga-me e eu farei de você… ’ Como você completaria a frase? Muitas respostas são oferecidas: Siga a Jesus e você será um melhor pai ou mãe. Siga a Jesus e você será um melhor empresário ou funcionário. Siga a Jesus e você será um bom cidadão. Embora, provavelmente todas as afirmações sejam corretas, na verdade esses resultados não são um fim, mas um meio, pois o objetivo final de Jesus é nos tornar em pescadores de gente. E o que Ele quer dizer com isso? Que somos como uma equipe de “biólogos”, uma espécie de Green Peace celestial e que as pessoas são como peixes em águas poluídas que precisam ser “pescadas para a vida”.
Quando apresentamos a mensagem de Deus a alguém, quando apresentamos o evangelho não estamos fazendo um mal às pessoas, mas um bem. Um dia eu fui pescado para a vida e como agradeço a Deus pela vida de quem me pescou. Mas, note: o seu objetivo é seguir o Mestre, o objetivo dele é te fazer pescador de gente. Não importa onde você esteja hoje… Você está exatamente onde Deus pode fazer de você pescador de gente.