Pelo caminho do Mestre

“No caminho dos teus juízos, Senhor, temos esperado por ti; no teu nome e na tua memória está o desejo da nossa alma” (Isaías 26:8).

Gosto de estradas asfaltadas e sem buracos, gosto de estradas que parecem um tapete.
Gosto de voos sem turbulência em que pareço estar tranquilo sobre uma nuvem de algodão.
Gosto de navegar em águas calmas contemplando a imensidão do azul…
E você?
Até aqui nenhum problema, mas quando na vida tudo o que queremos são os caminhos mais fáceis, as rotas sem buraco, os voos sem turbulência e os mares sem agitação, corremos o risco de tomarmos os caminhos mais fáceis e nos distanciarmos dos caminhos de Jesus.
Ele nunca escolhe o caminho mais largo ou fácil, nunca escolhe os mares mais tranquilos, porque Ele nos convida a caminhar sobre águas agitadas.
Porque quem com Ele caminha, confia em Sua soberania e não na tranquilidade da jornada.
Quem com Ele vai, sabe que não importam as intempéries, porque que quem com Ele vai chega ao destino.
Sim, para dirigir continuo preferindo as estradas asfaltadas, mas na vida prefiro qualquer caminho desde que seja o caminho do Mestre.