Passos para discernir a vontade de Deus – 2

“Deleito-me em fazer a tua vontade, ó Deus meu; sim, a tua lei está dentro do meu coração” (Salmos 40:8).

A seguir, mais três coordenadas que nos ajudarão a entender a vontade de Deus para nossas vidas.
SERVIÇO: Essa decisão me permitirá servir?
Deus quer nos usar como indivíduos e como igreja, portanto decisões que nos levem a uma vida de serviço e crie ainda mais oportunidades para servir agradam o coração de Deus.
LIDERANÇA: Deus constitui lideres, pessoas espiritualmente maduras, conselheiros.
O que essas pessoas maduras estão dizendo sobre essa decisão?
MORAL: Se houver implicações morais negativas, então Deus não está no negócio não importa quão bom pareça ser.
Finalmente devemos nos lembrar que Deus pode abrir ou fechar portas.
Embora isoladamente esse princípio não seja decisivo, pois algumas vezes não conseguimos sequer entender se uma porta se abriu e/ou se é um teste de perseverança, mas, quando colocado no contexto desses outros princípios, pode nos ajudar na tomada de decisão de acordo com a vontade divina.