Passos para discernir a vontade de Deus – 1

“Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor” (Efésios 5:17).

Assim como nos orientamos por sinais de trânsito, nomes de ruas, números de casa e referências como coordenadas, também podemos nos orientar em relação a vontade de Deus a fim de melhor discernirmos sua vontade, considere:
MOVIMENTO: Deus guia “carros em movimento e não carros estacionados”.
Assim como não dirigimos nossos carros quando estão parados, Deus também não nos guiará se não estivermos em movimento.
O cristão, a igreja deve estar comprometido ação e movimento e não simplesmente sentar-se e contemplar a vida.
COMPROMISSO: Na vida nunca assinamos um contrato sem antes lermos seu teor, mas na fé devemos ter um compromisso com Deus de assinarmos o “contrato” antes que Ele escreva, pois devemos ter a disposição de segui-lo onde quer que nos deseje.
Depois que assinarmos o “Contrato” Ele tornará mais claro o texto.
BÍBLIA: A decisão está em harmonia com princípios da palavra de Deus?
Deus não se contradiz, por isso nossas decisões devem estar, acima de tudo, pautadas pelo que diz o texto Sagrado.