O bom soldado de Cristo 2

“Nenhum soldado em serviço se envolve com negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele que o arregimentou” (2 Timóteo 2:4).

O soldado é alguém consagrado ao serviço.
Uma vez que alguém tenha se alistado na campanha, não pode mais cuidar dos negócios deste mundo.
Seus negócios não serão mais comuns, ele é um soldado a serviço do seu general.
Um soldado é um soldado e nada mais que um soldado…
Isto não quer dizer que o cristão não se envolverá em atividades nesta terra, mas significa que em tudo que se engaje, seu primeiro objetivo é promover o desejo do seu
general, é promover o evangelho.
Assim, o cristão é alguém que, movido pela graça, consagra tudo o que é e tudo o que tem a serviço de seu general.
O soldado é alguém treinado a obedecer.
O treinamento do soldado consiste em torná-lo apto a obedecer seu comandante sem qualquer questionamento, até que a obediência se torne um instinto, e este tipo de obediência possa garantir a sua segurança e daqueles à sua volta.
Ser soldado é saber que existem momentos em que não teremos a chance de saber o “porquê”.
O soldado não vê a batalha no todo, seu general sim…
Por isso as decisões pertencem ao General.
O dever de todo Cristão é obedecer à voz de Deus, e aceitar até mesmo aquilo que não consegue entender.