Mudança

“E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:2).

Você já ouviu falar em “tropofobia”?
Literalmente significa “medo de mudança”.
Talvez aqui tenhamos o primeiro desafio diante da palavra de Deus, pois essa nos ordena que nos submetamos à mudança e a primeira delas, a mudança de pensamentos.
Como alguém já disse, “renovar a mente é um pouco como remodelar uma casa”.
É um processo de dois estágios: trata-se de tirar o velho e substituí-lo com o novo.
O velho são as mentiras que você aprendeu a dizer ou foram ensinadas por aqueles que estão à sua volta; são atitudes e ideias que se tornaram uma parte do seu pensamento, mas que não refletem a realidade das coisas.
O novo do evangelho é a verdade. Quando Paulo escreve aos Romanos e os exorta “transformai-vos”…
Na língua original a exortação é passiva, isto é, “deixe-se transformar”.
Assim, para renovar a sua mente é preciso se abrir para que Deus por meio de sua Palavra traga à tona e confronte as mentiras que têm erroneamente aceitado e passe a substituí-las com a verdade.
Na medida em que você fizer isso, seus pensamentos, atitudes e finalmente seu comportamento serão transformados.