Gratidão e paz

“No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder” (Efésios 6:10).

A gratidão está diretamente relacionada à fé por demonstrar algumas coisas:
1- Demonstra submissão à vontade de Deus.
Quando somos gratos a Deus, em toda e qualquer circunstância, isso demonstra que somos submissos à Sua Palavra.
E, se somos submissos à Palavra de Deus, é porque verdadeiramente cremos.
2- Quando temos um coração grato, é porque estamos de fato convencidos de que Deus é quem organiza todas as coisas.
Ele leva todas as coisas a concluírem para o bem daqueles que O amam.
Apenas quem tem fé pode entender isso.
E, apenas quem tem fé pode ter um coração grato a Deus.
Quando nós oramos precisamos nos lembrar de três coisas:
a) Devemos nos lembrar do Amor de Deus.
Em todos os desejos, este Deus que ama, tem sempre o melhor desejo para as nossas vidas.
Portanto devemos ter um coração grato.
b) Deus é um Deus sábio.
Nós não podemos pensar em nossa própria habilidade para realizarmos as coisas.
Precisamos entender que Deus, não é apenas sábio, Ele é onisciente.
Ele sabe o que é melhor para as nossas vidas.
c) Precisamos lembrar do poder de Deus.
Apenas Deus tem o poder de trazer para as nossas vidas o que é definitivamente melhor.
Aquele, portanto, que ora e que confia no amor de Deus, que confia na sabedoria de Deus, encontrará a verdadeira paz!