Glória a Deus

“Cantai ao Senhor um cântico novo, cantai ao Senhor, todas as terras. Cantai ao Senhor, bendizei o seu nome; proclamai a sua salvação, dia após dia” (Salmo 96:1, 2).

A Terra deve adorar a majestade de Deus, esta é a visão do salmista, ele convida todas as pessoas de todos os lugares a adorarem a Deus, terem um coração grato a Deus.
Eles deveriam cantar a Deus, cantar a Deus uma nova canção, por quê?
Porque a misericórdia de Deus se renova a cada dia.
Deus é este ser infinitamente indescritível, tremendo, pronto a renovar Sua misericórdia e, por essa razão, tudo o que podemos fazer é expressar a nossa adoração, o nosso louvor com um coração grato a Deus.
O povo havia recebido um convite do salmista: anunciar a salvação e os feitos de Deus através de todo o mundo, isso traria glória ao nome de Deus.
Veja o que dizem os versículos 6 e 8: “Glória e majestade estão diante dele, força e formosura, no seu santuário. Tributai ao Senhor a glória devida ao seu nome”.
Quando proclamamos a Sua salvação, quando anunciamos entre as nações a glória do Senhor, é um jeito prático de expressarmos nossa gratidão a Deus.
Não basta apenas dizermos que somos gratos a Deus; isto é importante, trazer nos lábios uma canção como o próprio texto sugere, mas não podemos apenas cantar, nós devemos ir adiante e proclamarmos a salvação de Deus.