Frutificai!

“Porque não quero, irmãos, que ignoreis que, muitas vezes, me propus ir ter convosco (no que tenho sido, até agora, impedido), para conseguir igualmente entre vós algum fruto, como também entre os outros gentios” (Romanos 1:13).

Se existe algo que o cristão deve ser é frutífero, ter uma vida ativa, ter uma vida que dê frutos.
Ter o caráter semelhante ao de Jesus, que traz elementos como, por exemplo bondade, o domínio próprio, amor, é um aspecto da vida frutífera.
Vamos falar a respeito de uma área da vida frutífera, e isto tem a ver com pessoas, isso tem a ver com nosso relacionamento com as outras pessoas, como vimos no versículo acima.
O que o apóstolo Paulo quer dizer aqui aos romanos, a respeito de ir ter com eles, de ter algum fruto entre eles?
O que ele tem em mente aqui?
Certamente, o que Paulo tem em mente nesta passagem é ganhar outras pessoas para Cristo, ou seja, aqueles que se tornam cristãos, aqueles que passam a crer em Jesus e rendem-se a Jesus através dos nossos testemunhos, estes são nossos frutos.
Então não apenas na área do trabalho, do conhecimento, mas também na área de evangelização, do compartilhar do evangelho podemos ser pessoas frutíferas ou pessoas inativas.
Escolhamos ser frutíferos!