Em busca de apoio

“Em seguida foi Jesus com eles, a um lugar chamado Getsêmani e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar; e levando consigo a Pedro e aos dois filhos de Zebedeu” (Mateus 26:36, 37).

Jesus toma a iniciativa de convidar três discípulos para que orem com Ele.
Ele está nos ensinando o projeto de Deus para a vida humana, nós não devemos carregar as nossas dores e lutas sozinhos, devemos carregar as nossas lutas juntamente com outros.
Jesus poderia ter levado o grupo inteiro para aquele momento quando Ele busca o apoio em oração.
Mas Jesus não fez isso, Jesus pinçou daquele grupo apenas três, isso nos ensina algo muito importante: quando vamos desfrutar de comunhão mais profunda, precisamos ter uma atitude de seleção.
Você não deve abrir o seu coração, os seus problemas a qualquer pessoa, você deve abrir o seu coração, as suas lutas, àqueles em quem você realmente pode confiar.
Dentro da sua igreja certamente há alguém que pode ajudar você ou há uma pessoa experiente na sua família, séria, equilibrada que pode lhe oferecer um bom conselho.
Assim você vai dar um importante passo para viver uma vida de comunhão porque a comunhão se desdobra de uma forma muito mais profunda quando as pessoas podem abrir o coração e dizer que estão enfrentando lutas.