Deus recompensa

“E tudo quanto fizerdes, fazei-o de coração, como ao Senhor, e não aos homens” (Colossenses 3:23).

Conta-nos a história de Israel que quando Davi saiu em batalha contra os amalequitas, ele levou consigo quatrocentos homens (1 Samuel).
Duzentos dos homens ficaram para trás zelando pelo acampamento e provisões porque estavam muito cansados para a batalha.
Esses homens poderiam ser chamados de equipe de apoio, afinal de contas não estavam na linha de frente, não estavam sob os holofotes, mas “atrás das cortinas”; porém eram tão importantes quanto os outros.
Após sua vitória, Davi retornou ao acampamento a fim de cumprimentar os que ficaram para trás.
Curiosamente, alguns dos soldados da linha de frente não queriam compartilhar os despojos e recompensas da batalha.
Mas Davi sabia que, apesar das diferentes funções, todos eram importantes e a vitória viera das mãos de Deus.
Assim sendo, Davi estabeleceu uma nova diretriz para todo o Israel, todos receberiam recompensa, mesmo os que trabalhavam por “trás das cortinas”.
Não é essa uma grande lição?
Para Deus não importa se estamos na frente dos holofotes ou se somos desconhecidos e anônimos.
Ele reconhece nosso valor e nos recompensa a todos.
Aos olhos de Deus, tudo que fazemos para Sua glória e com a motivação correta é um trabalho valioso, mesmo que seja oferecer um copo d’água a uma pessoa sedenta.