Deus criador

“Esse, pois, que vós honrais sem o conhecer, é o que vos anuncio” (Atos 17:23).

Os gregos levaram Paulo para o areópago, uma espécie de tribunal oficial, que também era conhecido como o monte de Marte.
Ali Paulo pregou um de suas mais belas mensagens.
Ele começa polidamente dizendo: “Em tudo vos vejo acentuadamente religiosos” v.22.
Paulo então lhes chama a atenção a um altar dedicado a um deus desconhecido v. 23.
E utilizando isso como sua introdução, ele passa a falar sobre o verdadeiro soberano Deus, a respeito de quem eles estavam ignorantes.
Paulo diz que esse Deus é o criador: “O Deus que fez o mundo e tudo o que nele há, sendo ele Senhor do céu e da terra, não habita em templos feitos por mãos de homens; nem tampouco é servido por mãos humanas, como se necessitasse de alguma coisa; pois ele mesmo é quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas”, vv.
24, 25.
Os gregos criam em diferentes teorias sobre a origem da vida, sobre a criação, alguns até sustentavam alguma forma de evolucionismo.
Mas, Paulo claramente disse que Deus criou todas as coisas e Ele não vive em templos criados, em templos feitos pelos homens.
De fato, Deus é quem nos doa todas as coisas, vida, graça, misericórdia e nós não temos condição de dar nada a Deus.
Qualquer coisa que ofereçamos a Ele, Ele aceitará apenas por Sua graça.