Corações rasgados

“Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus” (Salmo 51:17).

Em Joel 1.2-4 vemos que o povo estava sofrendo quando uma praga de gafanhotos arrasou as terras e todas as plantações.
E o motivo desse sofrimento era o pecado.
Talvez você diga, mas eu não pequei.
Por que estou sofrendo?
A resposta é: isso acontece por causa do pecado, dos pecados ou do meu pecado.
Do pecado original – que aconteceu no Éden com Adão e Eva, como consequência disso temos uma natureza caída e também vivemos em um mundo caído.
Miséria, morte, enfermidades, dor, etc… (João 16:33).
Dos pecados – sofremos por causa do pecado dos outros.
Que pecado cometeu uma criança que foi abusada?
Nenhum, mas ela sofre o pecado do outro.
Assalto, traição, mentira…
Também sofremos pelo pecado dos outros.
Dos meus pecados – sofremos pelas consequências dos nossos próprios pecados.
E um deles é a indiferença em relação a Deus.
Dia após dia, vamos vivendo e nos esquecendo de dar valor para as bênçãos que Deus nos dá, nos lembramos frequentemente daquilo que não está dando certo e não nos importamos com o que deu certo.
Como vemos em Joel 2:13, é preciso rasgar o nosso coração, e não as nossas vestes.
Não basta sermos religiosos, nosso compromisso é sermos verdadeiros.
Rasgue seu coração hoje na presença de Deus e receba o socorro em meio à tribulação.