Considere sua vida cristã

“Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus” (1 Coríntios 2:5).

Em todas as áreas da nossa vida chega um dia em que precisamos considerar.
Precisamos
considerar nossa carreira: será que estou alcançando meus objetivos?
Existe algo que eu possa fazer para melhorar?
É preciso pensar com cuidado em nossa vida familiar: estou desempenhando bem o meu papel na família?
E também é preciso considerar nossa vida cristã.
O texto de 1 Coríntios 2 e 3 faz uma divisão entre o homem natural, carnal e o homem espiritual.
A primeira coisa que devemos considerar é se somos carnais ou se somos verdadeiramente espirituais.
Talvez essa pergunta não tenha muita lógica para você, mas acredite, todos nós deveríamos considerar isso ao menos uma vez em nossa vida cristã.
Infelizmente temos muitos motivos não espirituais que podem nos levar até a igreja no domingo: a simples necessidade de pertencer a um grupo; amenizar sua consciência espiritual (tradição, família, passado); simpatizar-se com o Cristianismo; porque seus pais querem; amigos, etc…
É por isso que é tão importante considerar, porque você pode passar a vida inteira indo à igreja pela razão errada, e, apesar de você receber excelentes princípios para viver, você não vai entender a essência do evangelho.
Considere e não viva a religião, viva Cristo!