Bem perto de nós

“E o barco estava já no meio do mar, açoitado pelas ondas; porque o vento era contrário” (Mateus 14:24).

Imagine grandes e vigorosas ondas quebrando sobre a frágil embarcação enquanto o mais profundo de seus temores lhes saltava os olhos.
Jogados de uma onda a outra, até o mais experiente dos marinheiros se desespera por sua própria vida.
Algumas vezes nossas vidas se encontram na mesma dinâmica: “jogados” de uma “onda” para outra.
Escalamos alturas de fazer perder o fôlego e despencamos para a profundidade de nosso desespero, sentimos que não sobreviveremos.
O Senhor conhece bem este sentimento, Jesus foi exaltado por uma multidão e, uma semana depois, foi pregado numa cruz.
Experimentou as alturas e o mais profundo dos vales, até mesmo Ele encontrou-se face a face com a angústia de sua própria alma.
Lembre-se: Ele está conosco e Ele pode verdadeiramente nos socorrer, pois Ele navegou nas mesmas águas muito antes de existirmos (Hebreus 2:14-18; 4:15).
Quando a tempestade vem ao nosso encontro com toda sua fúria podemos estar certos de que o Senhor estará ainda mais próximo de nós.
Não desista! Apenas mantenha seus olhos fitos n’Ele e seus ouvidos atentos à Sua voz.