Bem aventurados os perseguidos

“Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim” (João 15:18).

Alguém já disse que assim como uma luz brilhante é dolorosa aos olhos, assim também a santidade de Deus, a luz da santidade de Deus é dolorosa ao pecador e ele
tenta esconder-se dela.
Aquele que crê em Jesus foi colocado no mundo como ‘luz’.
Se vivemos, de fato, essa luz, nós trazemos dor aos olhos do mundo.
E qual é a reação daqueles que sentem dor?
Eles querem esconder-se da luz.
No afã de esconderem-se da luz, não há outra reação senão perseguição àqueles que produzem a luz.
“Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus.” (Mateus 5:10-12).
O Senhor Jesus apresenta em várias ocasiões nas Escrituras alguns motivos pelos quais o mundo odiaria Seus seguidores.
O ódio é algo compreensível à luz da situação em que o mundo vive, ele é natural, lógico e previsível.
O amor daquele que crê em Cristo é tão anormal quanto o mundo amar aquele que crê em Jesus Cristo.
Assim, devemos estar preparados para enfrentar as perseguições, sabendo que Ele está ao nosso lado.