A quem agrado?

“Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema” (Gálatas 1:8).

A palavra ‘anátema’ quer dizer ‘destinado à destruição’, qualquer um que perverta o evangelho, que ensine outra mensagem seja destinado à destruição.
Jericó, no Antigo Testamento, foi uma cidade condenada.
Por isso, quando tomaram a capa babilônica, quando tomaram bens preciosos da cidade para desfrutarem deles, aqueles que o fizeram acabaram por se tornar também consagrados à destruição.
Mas por que Paulo está dizendo algo tão forte?
Por que Paulo não usa meias palavras?
Porque ele não busca a aprovação dos homens (v. 10), Paulo estava explicando que servir a Deus por amor trazia um custo prático maior que a redução medíocre legalista dos judaizantes do seu tempo.
Paulo queria agradar a Deus, e agradando a Deus, ele expressa que a salvação se dá por obra divina e não há como o homem fazer isso por suas próprias forças.
Você já se fez esta pergunta?
A quem você quer agradar? A quem você está agradando?
Há momentos na vida que é bom agradar aos outros, não há nenhum problema nisso; há momentos que queremos agradar a nós mesmos, mas em todos os momentos na vida nós devemos buscar a agradar a Deus, pois a Deus seja a glória pelos séculos dos séculos.
Amém!