A nota final

“Edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16:18b).

Diz-se de um compositor famoso tinha um filho rebelde que costumava chegar tarde da noite, depois que seu pai e sua mãe tinha ido para a cama.
E antes de ir para o seu quarto, ele ia até o piano de seu pai e, lentamente, bem como alto, tocava uma escala simples exceto a nota final.
Em seguida, deixando a escala incompleta, ele se retirava para seu quarto.
Enquanto isso, o pai, ouvindo a escala exceto a nota final, se contorcia em sua cama, sua mente incapaz de relaxar porque a escala não estava resolvida.
Finalmente, em consternação, ele descia as escadas e tocava a nota não tocada.
Só então sua mente se rendia ao sono mais uma vez.
Jesus precisava tocar a nota que faltava, pois em seu caso era a mais triunfal de todas: vencer até mesmo a morte!
Homens podem edificar prédios e organizações, mas somente Jesus pode edificar Sua Igreja.
A Igreja ao longo dos anos já sofreu com perseguição e corrupção, legalismo e libertinismo, mundanismo e fanatismo.
E olhamos de fora e pensamos “meu Deus, isso não está dando certo”.
Mas, se ouvirmos atentamente, ouviremos a voz de Jesus dizendo: Eu edificarei a minha igreja.
Você olha por fora e parece que tudo está dando errado, mas Jesus tocará a última nota e aí tudo fará sentido.
Não julgue pela aparência das coisas, mas pelas promessas de Jesus.